13/09/2017

Os bastidores do 0800

 

Uma crônica realistica sobre os 0800

Muitos eventos motociclísticos oferecem quase tudo 0800 e eu fico pensando: quanto desperdício e quanta falta de respeito aos organizadores que batalham para oferecerem o melhor que podem, a começar pela área de camping que é disponibilizada sempre em alguma escola, clube, associação ou outro tipo de prédio público, onde as pessoas não costumam zelar pelo espaço que será utilizado por elas, principalmente as salas que ficam cheias de lixo e os banheiros que ficam podres, principalmente os banheiros femininos (pasmem, as mulheres dão de 10 x 0 nos homens nesse quesito!), sem falar de algum tipo de depredação que aparece na vistoria final da organização.

Outro fator é o café da manhã, a feijoada e/ou churrasco oferecidos como forma de receber o "irmão" como se ele estivesse chegando em sua própria casa, mas infelizmente há um enorme desperdício de alimentos e bebidas(quando oferecidas). Ao passar pelas mesas é visível a cena de pratos e pratos cheios de comida desperdiçada, pessoas que comem mais com os olhos que com a boca.

Lamentável ver tanto desperdício quando se sabe o sacrifício que é realizar um evento, seja ele de pequeno, médio ou grande porte.

Muitos eventos não contam mais com o patrocínio das prefeituras ou de patrocinadores que costumavam ajudar nos anteriores.

Diante da situação atual do país, todos sabem o quanto ficou difícil conseguir apoiadores, por esse motivo, muitos eventos foram cancelados esse ano e os MCs que tentam realizar o seu Moto Fest, o fazem no suor, na batalha e muitas vezes os integrantes tirando do seu próprio bolso, simplesmente pelo prazer de poder receber a todos nós da melhor maneira possível.

Não concordo com a prática do 0800 por esse e muito mais motivos, acho que se fosse cobrado um valor simbólico por cada prato por exemplo, não haveria desperdício, pq afinal seja quanto for, mexeu no bolso, a coisa muda de figura.

Os Mcs mais tradicionais não praticam o 0800, colocam valores simbólicos tipo: cerveja, refrigerante a R$ 2,00, água a R$ 1,00, o pratinho com churrasco ou feijoada a R$ 2,00 e o saldo é ZERO de desperdício. Os valores praticados são realmente só para não oferecerem de graça, mas são preços que qualquer pessoa pode pagar.

A exemplo do que relato, tivemos um evento recente no RN, com tudo free, onde vi latinhas e mais latinhas de cerveja pela metade, quentes, e as pessoas que compunham a mesa indo buscar mais. Vi pratos cheios de carne, arroz e feijão que poderiam alimentar muitas pessoas que realmente precisam. Onde foram parar? No lixo ou virou um belo banquete dos porcos, cachorros ou galinhas!

Acho que passou da hora de todos refletirem sobre esses excessos e realmente mudar a postura, afinal, onde está a tão falada irmandade nisso tudo?

Ser irmão tb é ajudar, apoiar, reconhecer e dar valor a batalha do outro em oferecer o que ele tem de melhor (falo dos organizadores), longe do simples tapinha nas costas quando vc desperdiça ou não zela o lugar que é a extensão de sua casa no fim de semana.

Vamos refletir? E se fosse vc organizando um evento, gostaria de ver isso tudo e muito mais acontecendo?

Muitos enchem a boca: "Sou motociclista", mas outras vezes esquecem que "Costume de casa vai à praça!" e não passam de pessoas sem consciência e educação.

Não generalizo, falo da grande maioria de onde se origina o desperdício e a falta de zelo., pq há os que valorizam tudo que lhes é oferecido.

Falei!!!

Sandra Oliveira

https://www.facebook.com/sandraherdeira


 

 

Publicidade:

1º Maragogi Motofest